Educadores

Prezados Educadores,

As crianças são as responsáveis por construir o Brasil que queremos no futuro. Vocês assumem o papel fundamental da educação destes pequenos inovadores.

Nós, da Pieracciani, acreditamos em um futuro melhor através da inovação. Foi pensando nisso que criamos o livro A Verdadeira Mágica. Ele foi idealizado para sensibilizar as crianças e os responsáveis por sua educação sobre a importância de preservar nos pequenos sua natural capacidade de inovar. A Verdadeira Mágica apresenta, de forma prática, conceitos que ajudarão você a realizar isso.

Desejamos que, com nosso livro em mãos, você contribua decisivamente para manter a chama da inovação viva nas crianças com quem interage – e também em você mesmo e nos adultos ao seu redor.

 

O PROJETO

A Verdadeira Mágica é o primeiro livro de um projeto que levará conhecimento prático sobre inovação para pais, educadores e crianças. Para construir o Brasil inovador que queremos e, junto a isso, um futuro melhor, precisamos investir em uma educação que estimule a capacidade criativa, sem inibir o potencial que toda criança naturalmente tem em si.

O projeto visa criar uma comunidade de Agentes de Inovação, formada por Pais, Educadores, Executivos, Instituições de Ensino, Empresas e Entidades. Estes Agentes de Inovação interagem diretamente com as crianças de seu ambiente de influência.

Acompanhe nosso blog

Projeto_AVM

Além do livro, que é uma poderosa ferramenta de ensino, a comunidade de Agentes de Inovação contará com o apoio de diversas ferramentas. Nosso Hotsite será abastecido constantemente por conteúdos, metodologias, artigos e notícias. Palestras com o tema Educação para Inovação serão ministradas para levar sensibilização e conteúdo aos pais e educadores. Peças de teatro interativas contarão a história do livro às crianças, levando diversão e provocando uma interação educativa e construtiva.

Essa rede que buscamos formar precisa de você!

Torne-se um agente de inovação. 

BASES CONCEITUAIS

BasesConceituais_AVM

 

Crianças exercem naturalmente as atitudes de um inovador. O livro busca sensibilizar as crianças para que preservem essas atitudes e para que aprendam a identificar e combinar os estilos de inovadores. É mais fácil preservar essas características na criança do que ter de resgatá-las no adulto.

A história de Aldo, no livro A Verdadeira Mágica, apresenta componentes da metodologia 4×4, aplicada há mais de 22 anos pelos consultores da Pieracciani nas empresas em que atuam. A metodologia 4×4 destaca as quatro atitudes dos líderes inovadores e os quatro perfis de inovadores existentes.

Em sua jornada para consertar o presente que ganhou do avô, Aldo demonstra essas atitudes características de qualquer processo de inovação: sentir/perceber, sonhar/criar, acreditar/arriscar e, finalmente, transformar. Também encontra personagens que correspondem aos quatro perfis de inovadores, segundo a metodologia desenvolvida a partir das pesquisas de W.C. Muller, do Instituto de Pesquisas de Stanford, em 1988. Os perfis são: o experimentador, o explorador, o visionário e o modificador. De mãos dadas com eles, Aldo perseguirá a mágica que pode realizar o seu maior desejo.

ATITUDES DAS PESSOAS INOVADORAS

As atitudes descritas a seguir correspondem ao conteúdo do jogo que tanto aproximou o personagem Aldo de seu avô Atílio. Elas estão presentes nos gestores mais inovadores que conhecemos e também nas crianças. Devem ser identificadas e reforçadas sempre.

 

Atitude nº1

Sentir / Perceber

atitude1

 

Dotados de uma mente aberta, os inovadores e as
crianças são sensíveis e têm uma percepção muito
aguçada do que ocorre ao seu redor. Conseguem
enxergar detalhes e situações que escapam à maioria
das pessoas, pois estas tendem a ver o mundo sob
uma ótica carregadade restrições. Essa sensibilidade
pode ser valorizada e potencializada com exercícios
simples dirigidos a cada sentido e à capacidade de
perceber de modo geral. Para estimular o tato, por
exemplo, experimente colocar em um saco de tecido
opaco objetos de diferentes formas e desafie a criança
a dizer o que são e a desenhá-los. O mesmo vale para
identificar aromas, sabores, ruídos. A conexão entre
sentir e perceber também pode ser fortalecida com esses
exercícios.

Atitude nº2

Sonhar / Criar

atitude2

 

Imaginar é uma característica fortíssima nas crianças
e nas pessoas inovadoras. Ambas são capazes de criar
imagens e realidades por meio de palavras, figuras,
fotografias e histórias. Um bom exercício para instigar
esse traço é mostrar fotografias, desenhos, músicas ou
combinações desses elementos às crianças. Peça que inventem
histórias livremente, deixando fluir a imaginação.

maquina

Atitude nº3

Acreditar, arriscar

atitude3

 

Trata-se aqui de valorizar a ousadia, o ato de experimentar.
A criança deve ser estimulada a fazer o novo e saborear o
risco, provando o prazer da descoberta. Valorize esses momentos
de risco, confiando na criança: um mergulho na piscina, a
remoção das rodas de trás da bicicleta, as primeiras brincadeiras
com malabares.
A presença atenta de um adulto é importante para que esse exercício
seja realizado com segurança. Contudo, não se deve impor barreiras,
e sim abrir canais por onde possa fluir a boa energia do risco e da
inovação. Convide também a criança a “pensar com as mãos”
construindo modelos, protótipos e pequenas esculturas com massa.

Atitude nº4

Transformar

atitude4

 

Derivada das anteriores, pode ser exercitada mostrando-se às crianças
e aos adultos que eles têm de fato o poder e a capacidade de mudar as
coisas. De transformar a si mesmos e o ambiente que os cerca. Para que
se percebam como agentes de mudança, convide- os a desenhar ou pintar,
segundo a própria interpretação, um fato ou uma situação ligada a uma
transformação. Ao final, terão refletido sobre mudanças que marcaram suas
vidas. Há ainda as emoções despertadas nas pessoas que observam a pintura,
sensibilizando-as para uma nova atitude. A arte provoca emoções, e emoções
mudam as pessoas.

 

 

 

Por meio desses exercícios e brincadeiras relativamente simples, consegue-se fazer com que a criança ou o

adulto reflitam sobre quanto praticam de fato tais atitudes e sobre como expandi-las no seu cotidiano.

 


 

PERFIS DE INOVADORES

Seu Antônio, dona Irene, seu Gavião e dona Lúcia correspondem aos quatro perfis de inovadores caracterizados conforme a experiência da Pieracciani no campo da gestão da inovação e com base nas pesquisas conduzidas em 1987 por W.C. Muller, do Instituto de Pesquisas de Stanford. Ajude a criança a identificar, entre conhecidos, quem se parece com quem e por quê. Pode ser uma brincadeira divertida. Crie situações desafiadoras e peça à criança para combinar as personalidades de
forma a obter bons resultados. Explique a ela que não há perfis melhores nem piores que os demais: o segredo é combinar todos num Time de Inovação! Conte a ela também que todos temos um pouco de cada perfil, mas sempre haverá um perfil dominante dentro de cada um de nós.

 

O Experimentador

Seu Antônio

O Explorador

Dona Irene

 

experimentador1

 

Procura combinar elementos e fatores
distintos para criar algo novo. Gosta
de testar, às vezes mais do que
de inovar propriamente. Põe
suas teorias à prova e assume
riscos a cada etapa. Alguns
experimentadores famosos: o
cientista Albert Sabin, o chef Alex
Atala, o músico Hermeto Pascoal.

explorador

 

Sua principal característica é o
questionamento. Movido pelo
impulso de descobrir o que é
possível criar, vive em busca do
novo, do desconhecido. Alguns
exploradores famosos: o físico
Albert Einstein e os cientistas
Miguel Nicolelis e Louis Pasteur.

 

 

 

 

 

O Visionário

Seu Gavião

O Modificador

Dona Lúcia

o visionário

 

Vê o que os outros não enxergam, inclusive
situações e realidades futuras e melhores que as
atuais. Tem uma perspectiva de longo prazo,
com ideias fortes, criativas e inspiradoras,
mesmo que algumas não sejam factíveis a curto prazo.
Alguns visionários famosos: o ex-presidente
John Kennedy, o militante pró-direitos dos negros Martin
Luther King, o inventor Santos Dumont, o empresário
Steve Jobs, o engenheiro Ozires Silva.

o modificador

 

Tende a inovar usando como base algo que já foi realizado.
É, no entanto, capaz de propor grandes melhorias.
Na maioria das vezes, suas inovações ocorrem em campos
de conhecimento e risco mais dominados e o foco é o sucesso
a curto prazo. Alguns modificadores famosos: o piloto
Ayrton Senna,Bezos o apresentador Chacrinha, o empresário
Jeff Bezos, Madre Teresa de Calcutá.